ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Árbitro que apitou o 7 a 1 vira técnico na Espanha

Por: Aloysio Petitinga Neto

Na partida entre Brasil e Alemanha o árbitro deu apenas 1 cartão amarelo, para o zagueiro Dante. Foto: (Gabriel Bouys/ AFP/ Getty images)

Pastor protestante, o mexicano Marco Antonio Rodríguez Moreno, que atuou em 3 Copas do Mundo (2006; 2010 e 2014), essa última com dois jogos marcantes: Uruguai x Itália (jogo que ficou marcado pela mordida de Suárez em Chiellini) e o fatídico 7 a 1, não quis apitar a sua quarta copa e virar o primeiro juiz a realizar este feito. Encerrou sua carreira aos 41 anos, logo após a copa, virou comentarista de TV, fez o curso para se tornar treinador e agora assumiu o Salamanca CF, clube que disputa a terceira divisão espanhola.

"Eu gosto de ser diferente" "Quero ser técnico da seleção do México", afirmou Marco. O Salamanca CF é um clube que foi fundado em 2013, depois da dissolução da Unión Deportiva Salamanca, clube fundado em 1923 e que faliu exatamente em 2013. O novo clube, Salamanca CF, tenta resgatar uma equipe que frequentou a primeira divisão nos anos 1970 e 1980, algumas vezes nos anos 1990, mas foi um time de segunda divisão a partir dos anos 1990.

No México, em 2011, na final do Apertura, ele foi suspenso por cinco jogos pela Federação Mexicana de Futebol depois de um episódio inusitado: ele mostrou dois cartões amarelos ao mesmo tempo, para Héctor Mancilla e Carlos Adrián Morales, um cartão em cada mão. A Futmex considerou a postura inadequada, fora das regras do jogo, e o suspendeu. 



Nenhum comentário