ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Palmeiras sai perdendo e arranca empate suado contra o Godoy Cruz

Por: Marcelo Noia


Weverton defendeu o pênalti que evitou um prejuízo ainda maior para o Palmeiras (Foto: Andres Larrovere/ AFP)

Além do confronto entre River Plate e Cruzeiro, o Palmeiras foi o segundo brasileiro a entrar em campo pelas oitavas de final da Copa Libertadores. O time alviverde empatou com o Godoy Cruz por 2x2, em Mendoza. Os gols dos argentinos foram marcados por Santiago García, enquanto Felipe Melo e Borja balançaram as redes para os visitantes.

Logo no início, aos seis minutos, o primeiro gol. Pela ponta direita, Andrada cruzou a bola na área e ela foi ajeitada para o meio da área. Com oportunismo, Santiago García antecipou Gustavo Gómez e mandou para o fundo das redes - Weverton ainda chegou na bola, mas não foi o suficiente para evitar que o placar fosse aberto.  1x0.

Na sequência, a equipe de Mendoza continuou pressionando e fazendo os palmeirenses sofrerem na saída de bola. A estratégia argentina surtiu efeito e forçou diversos erros de passes dos comandados de Felipão, que tentavam, aos poucos, sair para o jogo. Entretanto, aos 28 minutos, o segundo gol dos mandantes, novamente com Santiago García.

Após a reposição do goleiro Mehring, a defesa do Godoy Cruz saiu jogando e encontrou García pelo meio. O atacante fez bem o pivô e tocou para Bullaude, que avançou até a entrada da área e devolveu para o camisa 9, que se encontrava livre na direita. De frente para Weverton, García não teve dificuldades para ampliar o marcador. 2x0.

Contudo, logo em seguida veio a resposta: Felipe Melo diminuiu a desvantagem. Aos 33', depois da cobrança de falta, Willian aproveitou a sobra de bola e ajeitou para Marcos Rocha cruzar. O lateral levantou a bola na área e contou com a falha do goleiro para encontrar Felipe Melo no meio da área. Sem exitar, o volante cabeceou para o fundo do gol. 2x1.


Santiago "Morro" García foi um dos grandes nomes da partida (Foto: Andrés Larrovere/ AFP)
Seguindo a montanha-russa do primeiro tempo, três minutos depois, aos 36', o Godoy Cruz desperdiçou a chance de marcar mais um. Santiago García recebeu lançamento, dominou a bola na entrada da área e foi puxado por Gustavo Gómez na área. Pênalti. Na cobrança, o centroavante bateu no meio e parou no pé direito de Weverton. 

Já no retorno do intervalo, a equipe comandada por Felipão voltou melhor. Após diminuir as falhas defensivas e os erros de passe, o clube alviverde perdeu duas oportunidades de empatar, antes que Borja, aos 13 minutos, marcasse o seu primeiro gol desde o dia 27 de fevereiro. 

Com um belo passe, Luan achou o centroavante na entrada da área. O colombiano girou com muita qualidade para cima de Varela e ficou cara a cara com o goleiro Mehring. Na sequência, Borja finalizou rasteiro, por baixo do arqueiro e empatou a partida. 2x2.

Posteriormente, a equipe de Felipão seguiu controlando as ações da partida, mas não criou o suficiente para garantir a virada. Além da boa finalização de Bruno Henrique, que fez uma boa cobrança de falta, nenhuma outra chance foi criada com a bola rolando. Do outro lado, o Godoy Cruz também não assustou no segundo tempo - a melhor jogada dos argentinos saiu dos pés de Brunetta, que encheu o pé e obrigou Weverton a realizar uma boa defesa.

No apito final, o contraste era evidente: enquanto os palmeirenses comemoravam o empate e demonstravam um semblante de alívio, os mandantes expressavam reações de bastante decepção. Para o confronto de volta, que ocorrerá na próxima terça-feira (30), às 21h30 (de Brasília), o time brasileiro contará com a vantagem dos gols marcados fora de casa e poderá empatar sem gols ou por 1x1, que ainda vai garantir a classificação para as quartas de final.

Confiram os melhores momentos:




Escalações 

Godoy Cruz: Mehring; Arena, Varela, Cardona e Aleo; Andrada, Gutiérrez e Bullaude (Manzur); Merentiel (Prieto), Brunetta e Santiago García; Técnico: Alemão 

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Raphael Veiga; Willian (Hyoran), Dudu e Borja (Deyverson) Técnico: Osmar Loss 

Ficha Técnica 

Local: Estádio Malvinas Argentinas
Data: 23 de julho de 2019 
Horário: 21h30 (de Brasília) 
Árbitro: Wilmar Roldan (COL)
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Dionisio Ruiz (COL)

Nenhum comentário