ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Entenda porque a ida de Kawhi para o Clippers quebrou o resto da NBA

Por João Dannemann

Kawhi Leonard (esquerda) e Paul George (direita), duas das principais estrelas da NBA, jogaram juntos a partir da próxima temporada, no Los Angeles Clippers. (Foto: Getty Images).

Na madrugada deste sábado (6), Kawhi Leonard finalmente anunciou qual franquia vai defender na próxima temporada. O ala, campeão da NBA e MVP das Finais com o Toronto Raptors, fechou um contrato de quatro anos e 142 milhões de dólares com o Los Angeles Clippers, ainda conseguindo o que queria: levar o astro Paul George com ele. George chega ao Clippers em uma troca, na qual a equipe de Los Angeles envia para o Oklahoma City Thunder: Danilo Gallinari, Shai Gilgeous-Alexander, quatro escolhas de primeira rodada não protegidas, uma escolha de primeira rodada protegida e duas trocas de futuras escolhas.

A intenção de Kawhi inicialmente, na verdade, também foi declarada hoje. O astro queria permanecer em Toronto, porém na companhia de Paul George. O Thunder ofereceu uma troca com os Raptors, na qual eles enviariam suas duas principais estrelas para Toronto, Paul George e Russell Westbrook, e receberiam o camaronês Pascal Siakam. Porém, a franquia canadense, querendo manter seu jovem pivô e com esperanças de manter Kawhi, recusou a troca.

Agora entenda porque a ida de Kawhi ao Los Angeles Clippers foi um balde de água fria no resto da liga. Começando pelo Los Angeles Lakers. A verdade é que Kawhi nunca quis jogar com LeBron ou se juntar a um super-time no qual ele não fosse a grande estrela, mas ele manteve contato com eles de qualquer forma. Os Lakers se sentiam confiantes na contratação do astro e Kawhi, de fato, nunca deu motivos para outro pensamento. Mas faz sentido, agora, que ele sabia exatamente o que estava fazendo.

Montagem feita para dar as boas-vindas de Kawhi no Los Angeles Clippers. (Foto: House Of Highlights).

Arrastar a sua decisão, enrolar os Lakers, que queriam a estrela mais do que tudo, significava que a franquia amarela e roxa de Los Angeles ficaria sem tempo de contratar um terceiro astro para se juntar a LeBron e Anthony Davis. Não só isso, mas com a demora de Kawhi, os Lakers também perderam a chance de garantir um jogador de calibre titular (com exceção de Danny Green, ironicamente). De acordo com a ESPN, os agentes de Kawhi ainda ligaram para os Lakers pedindo para esperarem na oficialização da troca de Anthony Davis, duas horas antes de fazerem o anúncio da contratação do atleta junto ao Clippers, o que só prova que foi uma jogada planejada.

Com a confirmação da sua ida aos Clippers, a troca de Anthony Davis, dos Pelicans para os Lakers, foi confirmada (estava suspensa até a decisão de Kawhi). Com isso, Leonard demoliu a pontinha de esperança que ainda restava em New Orleans, da troca de Davis ser cancelada e o astro permanecer na franquia junto a jovens estrelas como Zion Williamson e Jaxson Hayes. A esperança dos torcedores dos Pelicans foi alimentada ontem, quando Zion e Davis tiveram um rápido encontro amistos em Las Vegas, antes de jogo pela Summer League.

E não foi só nos Lakers a facada de Kawhi. Ajudando Paul George a escapar de Oklahoma City, ele destruiu Russell Westbrook e o Thunder. O armador do OKC perdeu James Harden, Kevin Durant, Serge Ibaka, Carmelo Anthony e agora Paul George, nos últimos anos. A paciência de Westrbook no Thunder parece ter limites e ninguém se surpreenderia caso ele solicitasse uma troca ainda nessa janela, acabando um casamento de onze anos com a franquia.

Kawhi Leonard com seu troféu de MVP das Finais da última temporada, na qual o ala foi campeão com o Toronto Raptors. (Foto: USA Today).

Kawhi vaporizou as chances do Toronto Raptors de defender o seu título ou até competir para isso. Sem a sua presença, o Toronto volta a ser uma equipe normal, que pode chegar aos playoffs, mas sem grandes pretensões. Ele acabou com a dinastia dos Warriors e, indiretamente, acabou com Kevin Durant. Kawhi foi a principal razão dos Raptors conseguirem abrir três a um nas Finais da NBA, o que forçou Kevin Durant a voltar antes do que deveria, já que os Warriors precisaram ir para o tudo ou nada, e, com isso, KD acabou sofrendo uma lesão no Aquiles, que o deixará de fora de toda a próxima temporada.

Se quisermos ir um pouco mais longe ainda, podemos até falar no San Antonio Spurs, time que possuía Kawhi até a penúltima temporada, mas o ala pediu para sair, forçando a franquia texana a iniciar um processo de remodelação através de estrelas de menor peso, como DeMar DeRozan e LaMarcus Aldridge. Com isso, já são cinco concorrentes a título cortados da lista por Kawhi Leonard.

Sem dúvidas, o Los Angeles Clippers se torna o time número um da NBA com sua aquisição, principalmente defensivamente, com o apoio de Paul George. Dentro e fora das quadras, Kawhi Leonard é um assassino a sangue frio, fazendo jogadas e tramas que nenhum de nós jamais imaginou que o Fun Guy fosse capaz.


Nenhum comentário