ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais dois jogos movimentam a quarta-feira de Copa do Brasil

Pelo Brasileirão, o jovem João Pedro saiu do banco e marcou dois gols na goleada de 4x1 sobre o Cruzeiro (Foto: Lucas Merçon/ FFC/ Divulgação)

Nesta quarta-feira (5), o Cruzeiro recebe o Fluminense, no Mineirão, enquanto o Fortaleza viaja até o sul para enfrentar o Athletico Paranaense, na Arena da Baixada. Os dois duelos ocorrem às 19h15 (de Brasília), devido ao jogo da Seleção Brasileira, que acontecerá na própria quarta-feira, às 21h30 (de Brasília).

Athletico Paranaense (0) x (0) Fortaleza

Será o terceiro encontro entre as equipes, em 2019 (Foto: Pedro Chaves/AGIF)

O primeiro jogo entre as equipes foi marcado pela falta de criatividade de ambos os lados e refletiu no placar, que terminou sem ser movimentado. No encontro do Castelão, apenas duas finalizações tiveram a direção do gol - sendo todas elas do clube paranaense. Com dois estilos similares, voltados a verticalidade durante as partidas, a expectativa para o encontro de volta é de um duelo mais aberto e com mais chances.

Esse confronto simboliza o encontro de dois clubes que vivem momentos mágicos em suas histórias. O Furacão ganhou a Copa Sul-Americana de 2018 e levantou o primeiro troféu internacional de sua história. Em 2019, manteve a comissão técnica juntamente com a base da equipe e pela Libertadores, além da classificação para as oitavas de final, conseguiu golear o Boca Juniors por 3x0, na Arena da Baixada.

Do outro lado, Fortaleza vive o momento mais vitorioso de sua história. Com Rogério Ceni no banco de reservas, o Leão do Pici conquistou o seu primeiro título nacional, a Série B de 2018, impediu o tricampeonato do Ceará no Estadual, conquistando o Campeonato Cearense de 2019, sem contar a inédita conquista da Copa do Nordeste, sobre o Botafogo-PB.

Prováveis escalações

Athletico Paranaense: ​Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Lucho González; Nikão, Rony e Marco Ruben.

Fortaleza: Marcelo Boeck; Tinga, Nathan, Juan Quintero e Bruno Melo; Paulo Roberto, Araruna; Romarinho, André Luís, Marcinho e Jr. Santos.

Ficha Técnica

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data: 05 de junho de 2019
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP) 
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)/
Árbitro de vídeo (VAR): Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cruzeiro (1) x (1) Fluminense

Apesar de não produzir ofensivamente, o Cruzeiro se manteve firme na parte defensiva contra o Fluminense, no jogo de ida da Copa do Brasil (Foto: Lucas Merçon/ FFC/ Divulgação) 

Convivendo com uma crise institucional, que gerou até mesmo o envolvimento da polícia, o Cruzeiro busca melhorar o seu desempenho contra o Fluminense. Nas duas partidas disputadas nessa temporada, ambas no Maracanã, os comandados de Mano Menezes tiveram atuações muito ruins contra o Tricolor das Laranjeiras. Pelo mata-mata, 1x1, já pelo torneio de pontos corridos, 4x1 para os tricolores.

No jogo de ida, por exemplo, a única finalização do time Celeste foi com Pedro Rocha, no momento em que o atacante marcou o gol da equipe cruzeirense. Para ilustrar o domínio do clube carioca nos confrontos anteriores, o número de finalizações exemplifica perfeitamente: no Brasileirão, o Fluminense teve 20 arremates, sendo 12 certos, contra apenas 3, com somente dois em direção ao gol. 

Já pela Copa do Brasil, foram 20 chutes dos comandados de Fernando Diniz, sendo 7 certos, contra uma única finalização dos mineiros - ao todo foram 40 arremates contra apenas quatro, em dois jogos.

Prováveis escalações

CruzeiroFábio; Lucas Romero, Léo, Dedé, Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Lucas Silva); Robinho, Thiago Neves, Marquinhos Gabriel; Fred; Técnico: Mano Menezes

Fluminense
Agenor; Gilberto, Nino, Frazan, Caio Henrique; Allan, Daniel, Paulo Henrique Ganso; Léo Artur, João Pedro, Luciano; Técnico: Fernando Diniz


Ficha Técnica

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 05 de junho de 2019
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden 

Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Carlos Berkenbrock (SC) 
Árbitro de vídeo (VAR): Rodrigo D'alonso Ferreira (SC) 

Nenhum comentário