ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Flamengo elimina o Corinthians e avança na Copa do Brasil

Rodrigo Caio vive grande fase em 2019 (Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

Ontem, terça-feira (4), o Flamengo voltou a ganhar do Corinthians, novamente por 1x0. O confronto no Maracanã confirmou os rubro-negros entre os participantes das quartas de final, que já contam com: Bahia, Palmeiras, Grêmio e Internacional. O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Rodrigo Caio, no final do segundo tempo.

Com um início marcado pelos erros, Rodrigo Caio, aos dois minutos, e Manoel, aos seis, vacilaram na saída de bola e perderam a posse para Vagner Love e Gabigol, respectivamente. Em ambos os lances, os atacantes foram travados antes da finalização. Posteriormente, aos 15', Clayson arrancou da esquerda para o meio e bateu forte da meia-lua, mandando a bola pelo lado da trave esquerda de Diego Alves.

Sem conseguir infiltrar, o Timão seguiu arriscando de longe. Aos 24', Júnior Urso, novamente de fora, finalizou forte, mas parou em boa defesa do goleiro flamenguista. A resposta rubro-negra veio aos 26', quando Everton Ribeiro, pela esquerda, levantou a bola na área e achou Léo Duarte, que cabeceou e mandou pelo lado da trave direita de Cássio.

Depois dos 30 minutos, o Corinthians seguiu melhor na partida. Aos 33', Sornoza cruzou e Piris da Motta, ao tentar cortar, desviou para trás, obrigando Diego Alves a espalmar para escanteio. Já aos 36', o lance de mais perigo nos 45 minutos iniciais: após o corte da defesa do Flamengo, Ralf pegou a sobra do cruzamento e mandou uma bomba de fora da área. A bola acertou o travessão, pingou em cima da linha e posteriormente, foi afastada pela zaga.

Antes do intervalo, ainda deu tempo para Cássio realizar uma boa defesa. Diego cruzou na e achou Everton Ribeiro, que se antecipou e bateu a marcação de Clayson, parando somente no arqueiro alvinegro. Os visitantes cresceram na metade do primeiro tempo e apesar das chances, não conseguiram abrir o placar. Do outro lado, os mandantes foram para os vestiários com uma atuação abaixo e um sistema defensivo bastante vulnerável.

O Maracanã recebeu mais de 60 mil pessoas para o duelo entre as maiores torcidas do país (Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

Na etapa complementar, as oportunidades foram mais escassas. Aos nove minutos, uma boa trama corinthiana quase resultou em gol: Jadson recebeu na meia-lua, tocou para Michel Macedo e o lateral, rapidamente passou para Vagner Love, na entrada da área. O atacante dominou e finalizou forte de canhota, parando em uma linda defesa de Diego Alves. 

A reposta do Flamengo aconteceu com Bruno Henrique, aos 14', em cabeçada que bateu no pé da trave, após cobrança de escanteio de Everton Ribeiro. Quatro minutos depois, aos 18', o camisa 9 alvinegro voltou a receber pelo meio e com um belo giro, limpou Léo Duarte e mandou por cima do gol.

Aos 30', Vitinho cruzou a bola na área e encontrou Everton Ribeiro, que cabeceou para o meio e viu Rodrigo Caio completar para as redes. Contudo, o árbitro marcou falta do zagueiro, que empurrou Love no início da jogada. Já aos 42', novamente outro gol de Rodrigo Caio foi anulado, entretanto, após a consulta ao árbitro de vídeo, o lance foi corrigido e o gol foi validado. Everton Ribeiro, bastante participativo na partida, levantou a bola na área e achou o defensor livre, que antecipou a saída de Cássio e desviou para o gol. 

Antes do apito final, os visitantes ainda tentaram empatar aos 46', com Boselli, que arriscou um chute do meio-campo e acertou o travessão, além da finalização de Jadson, aos 48', que acertou a trave depois de Diego Alves soltar a bola. Com a classificação para as quartas de final, o Flamengo espera o desfecho dos últimos três jogos para saber os outros sete classificados. O sorteio ocorrerá na próxima segunda-feira (10).


Confiram os melhores momentos!



Estatísticas

Corinthians x Flamengo
Posse de Bola: 43% X 57%
Finalizações (Certas): 5 (2) x 6 (4)
Passes (Errados): 258 (42) x 366 (48)
Cruzamentos (Certos): 17 (4) x 15 (5)
Cartões (Vermelhos): 2 (0) x 1 (0)

Ficha Técnica

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 04 de junho de 2019
Horário: 21h30 (de Brasília)
Público/ Renda: 60.171 presentes/ R$ 3.571.041,25
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden 
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi 
Árbitro de vídeo (VAR): Daniel Nobre Bins

Nenhum comentário