ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Davis no Lakers, Kemba no Celtics, Kyrie no Nets: confira tudo que já aconteceu e ainda pode acontecer nas novelas da NBA

Por João Dannemann

LeBron James cumprimentando Anthony Davis após partida entre Lakers e Pelicans. As estrelas agora são companheiras de equipe em Los Angeles. (Foto: USA Today).

As agências livres da NBA começam oficialmente hoje (30), ou seja, muitas especulações, muito vai-e-vem, muitas mudanças começarão a acontecer. Algumas delas nós já sabemos, como a chegada de Anthony Davis ao Los Angeles Lakers, que enviou Lonzo Ball, Brandon Ingram, Josh Hart e a quarta escolha do draft de 2019 para o New Orleans Pelicans em troca. AD se juntará a LeBron em Los Angeles e é esperado que pelo menos mais uma superestrela desembarque por lá, pois Rob Pelinka, diretor geral da franquia, conseguiu liberar espaço para um salário máximo, enviando Moritz Wagner, Jemerrio Jones e Isaac Bonga para o Washington Wizards.

Além dessa, outra transferência importante foi a de Mike Conley Jr., que chega ao Utah Jazz, trocado por Kyle Korver, Jae Crowder, Grayson Allen e uma escolha de draft, para o Memphis Grizzlies. O Milwaukee Bucks enviou Tony Snell para o Detroit Pistons e pegou Jon Leuer no lugar. Hawks e Trail Blazers também trocaram um atleta pelo outro: Kent Bazemore vai jogar em Portland, enquanto Evan Turner vai para Atlanta. O Brookly Nets se movimentou inteligentemente. Abriu espaço para um salário máximo, enviando Allen Crabbe e uma escolha de draft para o Atlanta Hawks, em troca do jovem Taurean Prince.

Mike Conley Jr. (direita), ex-Grizzlies, é a nova estrela do Utah Jazz, que não deve manter o armador espanhol Ricky Rubio (esquerda) para a próxima temporada. (Foto: USA Today).

Mas o que move essa época do ano são as especulações, não é mesmo? Onde Kevin Durant vai parar? E será que o Kawhi permanece em Toronto? Essas respostas ainda não temos, mas alguns grandes nomes já estão apalavrados com novas equipes a partir das agências livres.

De acordo com um dos repórteres de mais credibilidade da liga, Shams Charania, Kemba Walker assinará um contrato máximo com o Boston Celtics, de 141 milhões de dólares em quatro anos. Mesma quantia e tempo que levará Kyrie Irving ao Brooklyn Nets. A chegada de Irving a Brooklyn pode ser o ponto final de D'Angelo Russell na franquia e, com isso, o jovem armador pode retornar aos Lakers, já que ambas as partes possuem mútuo interesse nessa conversa.

Em Detroit, a chegada de Derrick Rose pode dar novos tons aos Pistons. O veterano deve assinar contrato de dois anos com a franquia já na abertura da agência livre. Klay Thompson, que vai ficar cerca de dez meses afastado das quadras por lesão no joelho, deve permanecer nos Warriors mesmo, caso a franquia o ofereça um contrato máximo de 190 milhões de dólares em cinco anos, o que é esperado. Outro atleta que não deve se mudar é Nikola Vucevic. O pivô montenegrino se apalavrou a permanecer no Magic por mais quatro anos e 100 milhões de dólares.

O time de melhor campanha da última temporada, Milwaukee Bucks, perdeu dois bons atletas de rotação. George Hill foi liberado pela franquia e pode assinar com qualquer equipe a partir da abertura da janela e Nikola Mirotic, que será agente livre a partir de hoje, decidiu voltar à Europa, assinando com o FC Barcelona. Uma grande surpresa foi o anúncio de aposentadoria do armador Darren Collison, que estava no Indiana Pacers. Collison tem apenas 31 anos e estava na sua décima temporada na NBA. O armador se aposentou antes do esperado porque é testemunha de Jeová e quer se focar em questões religiosas daqui para frente.

Kawhi Leonard (esquerda) e Kevin Durant (direita) podem desembarcar no mesmo destino na próxima temporada. Los Angeles Clippers e New York Knicks são as franquias mais faladas para garantirem que isso aconteça. (Foto: USA Today).

Agora é hora de especulações envolvendo grandes nomes. Kevin Durant não exerceu sua opção de permanência com os Warriors e se torna agente livre hoje, assim como Kawhi Leonard, nos Raptors. A decisão de ambos deixa aberta uma opção de que os astros querem atuar juntos a partir da próxima temporada e dois dos destinos mais prováveis são o Los Angeles Clippers e o New York Knicks. Porém, o Los Angeles Lakers, de LeBron e AD, já anunciou que pretende se reunir com Kawhi para adiciona-lo ao seu elenco, montando um supertime.

O ala Jimmy Butler, que jogou a última temporada pelo Philadelphia 76ers, terá reuniões nessa semana com Miami Heat e Houston Rockets, destinos mais prováveis do atleta. Lakers e Nets também estão de olho nele, como segunda opção, caso as investidas em Kawhi e Kyrie, respectivamente, não deem certo.

Confira abaixo mais alguns nomes importantes nesse período de agência livre, com seus principais prováveis destinos ao lado:

-- Tobias Harris: 76ers, Nets, Lakers, Clippers, Mavericks ou Jazz.
-- Khris Middleton: Bucks ou Mavericks.
-- Al Horford: Mavericks, Pelicans ou 76ers.
-- DeMarcus Cousins: Warriors, Knicks ou Clippers.
-- Kristaps Porzingis: Mavericks.
-- Brook Lopez: Bucks, Lakers ou Kings.
-- Bojan Bogdanovic: Pacers, Mavericks, Spurs ou Lakers.
-- J.J. Redick: 76ers ou Nets.
-- Harrison Barnes: Kings.
-- Malcolm Brogdon: Bucks, Bulls, 76ers ou Celtics.
-- Danny Green: Raptors, Lakers ou Mavericks.
-- Jonas Valanciunas: Grizzlies.
-- Julius Randle: Pelicans, Knicks, Bulls ou Suns.
-- Al-Farouq Aminu: Blazers, Nets ou Warriors.
-- Terry Rozier III: Celtics, Suns, Bulls ou Knicks.
-- Terrence Ross: Magic ou Lakers.
-- Kelly Oubre Jr.: Wizards ou Suns.
-- Ricky Rubio: Pacers ou Suns.
-- Patrick Beverley: Clippers ou Bulls.
-- Marcus Morris Sr.: Celtics, Rockets, Lakers ou Knicks.
-- DeAndre Jordan: Knicks, Lakers ou Nets.
-- Thaddeus Young: Jazz, Lakers ou Suns.
-- Enes Kanter: Lakers, Bulls ou Celtics.

Nenhum comentário