ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cristiane marca 3 gols e Brasil vence na estreia da Copa do Mundo Feminina

Cristiane marca três na estreia e é a artilheira da Copa do Mundo (Foto: UOL)

Sem a principal jogadora da seleção, Marta, coube à Cristiane assumir a responsabilidade e liderança da equipe para levar o Brasil à vitória na estreia  da Copa do Mundo Feminina, diante da debutante, Jamaica, às 10h30, deste domingo (9). A atacante marcou em três oportunidades. A seleção brasileira ainda perdeu um pênalti com Andressa Alves.

A seleção canarinho venceu sem sustos e desde o início da partida o Brasil dominou as ações do confronto. Aos 15 minutos da primeira etapa, após cobrança de lateral, Andressa cruza na cabeça de Cristiane. A camisa 11 canarinho cabeceia de forma consciente no canto, sem chances para a goleira jamaicana, para abrir o placar para o Brasil. Aos 36 minutos, Swaby tenta interceptar um cruzamento mas toca com o braço na bola e é marcado pênalti. Andressa Alves vai para a cobrança, chuta mal e a goleira Schneider defende.

O primeiro tempo terminou com domínio brasileiro. Foram 9 finalizações, sendo 3 no gol, 56% de posse de bola contra 44% de posse jamaicana.

Na segunda etapa, a seleção brasileira voltou indo para cima e logo aos 4 minutos, Cristiane marcou o segundo dela e do Brasil na partida. Após cruzamento de Andressa Alves, a bola atravessou toda a área da Jamaica e sobrou nos pés da camisa 11 do Brasil, que se jogou no bola para empurrá-la para o fundo das redes. A zagueira jamaicana tentou evitar o gol, mas a bola já havia ultrapassado a linha. 

Contando com erros defensivos do Brasil, a Jamaica tentou correr atrás do prejuízo, mas não conseguiu fazer gol na arqueira brasileira Bárbara. O Brasil, porém, continuou impondo a sua superioridade técnica e, aos 18 minutos, Cristiane marcou mais um, o terceiro dela e do Brasil na partida, se tornando a artilheira da competição, até o momento. Em cobrança de falta, a camisa 11 acertou o travessão e na descida, a bola cruzou a linha do gol.

Cristiane, com os três marcados hoje, chegou aos 10 gols em Mundiais e se tornou a segunda maior artilheira brasileira na competição, atrás apenas de Marta, com 15. Vale ressaltar, que Marta é a maior artilheira geral da história das Copas.

Italianas comemoram vitória conquistada nos acréscimos (Foto: Twitter da Seleção Italiana de Futebol Feminino)

Mais cedo, às 8h, pelo grupo do Brasil, a Itália venceu a Austrália de virada, por 2x1. As australianas, favoritas no grupo, começaram dominando as ações da partida e aos 22 minutos, após cobrar pênalti e ver a goleira italiana defender, Kerr aproveitou o rebote para colocar as australianas na frente do placar. A primeira etapa foi de domínio australiano até o apito da árbitra, porém, o placar permaneceu 1x0.

Na segunda etapa, o panorama seguiu o mesmo da primeira metade, com a Austrália dominando. Porém, as italianas souberam suportar o domínio e aproveitar as oportunidades e aos 11 minutos, Bonansea empatou a partida, após um contra-ataque. Após o gol, as europeias continuaram equilibrando as ações do confronto e conseguiram o gol da virada quando já se imaginava que o jogo terminaria empatado.

Aos 49 minutos, novamente Bonansea balançou as redes. Dessa vez, a italiana recebeu um cruzamento pelo lado direito e cabeceou no canto, sem chances para a goleira australiana. Vitória italiana surpreendente diante da favorita Austrália, que acumula seis participações em Mundiais.

A seleção brasileira lidera o grupo C após a primeira rodada, a Itália vem na sequência. Ambas as equipes têm 3 pontos.

Inglesas estreiam com vitória (Foto: Twitter FIFA Women's World Cup)

E fechando o domingo, às 13h, a Inglaterra enfrentou a Escócia e venceu por 2x0. As inglesas dominaram as ações da partida desde o início. Aos 12 minutos da primeira etapa, o árbitro de vídeo entrou em ação e assinalou pênalti para a Inglaterra. Parris cobrou sem chances para a goleira escocesa e abriu o placar para as inglesas. Após o gol, a Inglaterra continuou no ataque e a Escócia recuando cada vez mais, aceitando a pressão, tendo uma presença no ataque mínima. Aos 39 minutos, após dividida a bola sobra para White, a inglesa chuta no canto direito, tirando da goleira escocesa para ampliar o placar. 

Na segunda etapa, a Inglaterra começou indo para cima e logo aos 29 segundos balançou as redes escocesas. Porém, foi marcado impedimento na jogada, invalidando o que seria o terceiro gol inglês. Após o gol, Escócia adotou uma postura fechada no segundo tempo, com todas as jogadas atrás do círculo central, apostando no contra-ataque para levar perigo às inglesas. Mas na segunda metade da etapa final, se lançou ao ataque, mas esbarrou no sistema defensivo inglês.

Aos 33 minutos, após jogada rápida, a Escócia conseguiu recuperar a bola e aproveitar o erro defensivo inglês e marcar o seu primeiro gols em Copas, com Claire Emslie, em jogada dividida com a defensora inglesa. Após o gol, as escocesas se lançaram mais ao ataque na busca pelo empate, porém o placar permaneceu inalterado até o fim da partida. Vitória inglesa.

Nenhum comentário