ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Conselheiro indicado para avaliar contas do Cruzeiro é preso

Por Aloysio Petitinga Neto

Sede administrativa do Cruzeiro. Foto: Luciano Dias

Em uma operação realizada pela polícia federal, em Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira (5), foi preso o conselheiro do Cruzeiro Márcio Antônio Camillozzi Marra, nomeado na semana passada, pelo senador e presidente do conselho deliberativo do Cruzeiro, Zezé Perrella, para fazer parte da comissão provisória que apura as denúncias feitas pelo Fantástico, no último dia 26. Ele é suspeito de retirar documentos do sistema da própria PF, vazando dados sobre a investigação da corporação.

Com ele, foram presos um outro servidor da Polícia Federal e os advogados Carlos Alberto Arges Júnior e Ildeu da Cunha Pereira: conselheiro do Cruzeiro e que já foi superintendente jurídico do clube. A instituição investiga os crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, organização criminosa, obstrução de justiça e violação de sigilo funcional. A irmã do deputado federal Aécio Neves (PSDB), Andrea Neves, foi intimada a depor.

O presidente do conselho deliberativo do Cruzeiro, informou que tomou conhecimento dos fatos agora pela manhã e deve se posicionar sobre o assunto ainda nesta quarta-feira.

Nenhum comentário