ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Champions League: Liverpool e Tottenham decidem uma final global

A famosa "orelhuda" é o troféu mais cobiçado do mundo (Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images)

Apesar de ser um torneio europeu, a final da Champions League pode ser, literalmente, considerada uma final mundial. Além de todos os holofotes que a competição atrai, a decisão vai contar com atletas de 21 países diferentes, sem contar os técnicos, que também são estrangeiros. A partida ocorrerá no Wanda Metropolitano, em Madrid, às 16h (de Brasília).

Desde 2008, dois clubes ingleses não decidem o torneio - na ocasião, o Manchester United bateu o Chelsea nos pênaltis. De lá para cá, foram 11 anos e somente quatro ingleses chegaram até a decisão: o próprio Manchester United (2009/2011), o Chelsea (2012) e o Liverpool (2018). Dentre eles, apenas os Blues saíram da final como campeões.

Além desses detalhes, essa decisão tem grande peso para os dois lados: Klopp e Pochettino foram contratados em 2015 e 2014, respectivamente. Contudo, ainda não ganharam nenhum título pelos clubes. Nos Spurs, o argentino mudou o patamar da equipe do norte de Londres, tanto na Inglaterra quanto no território europeu. 

Em sua primeira temporada no time, Pochettino deixou a equipe ao sexto lugar. Na temporada seguinte, em 2015, o clube ficou na quinta colocação e posteriormente, não saiu do top 4. Terceiro colocado em 2016, segundo em 2017 e terceiro em 2018. Por fim, na temporada atual, a equipe terminou a Premier League na quarta colocação. Já na Champions League, na edição 18/19, o Tottenham retornou as semifinais após 57 anos e teve a melhor campanha de sua história com a chegada na final.

Pelo outro lado, Jürgen Klopp veio com missão de recolocar os Reds nos caminhos dos títulos. O alemão chegou no meio da temporada e terminou na sexta colocação, em 2015. Um ano depois, em 2016, a pior campanha: oitava colocação e fora das competições europeias. 

Posteriormente, assim como o Tottenham, o Liverpool não saiu do top 4. Quarto colocado em 2017, assim como em 2018 e por último, nessa temporada, o vice-campeonato para o Manchester City - temporada com a melhor campanha da história do clube no campeonato, mas não suficiente para desbancar o Cityzens. Restou a Champions League, pelo segundo ano consecutivo, como esperança do primeiro título de Klopp com os Reds.

Ficha Técnica

Local: Wanda Metropolitano, Madrid (ESP)
Horário: 16h (de Brasília)
Data: 1 de junho de 2019
Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)
Assistentes: Jure Praprotnik (Eslovênia) e Robert Vukan (Eslovênia)

Prováveis escalações

Liverpool: Alisson; Trent Alexander-Arnold, Van Dijk, Matip e Robertson; Fabinho, Henderson e Wijnaldum; Salah, Mané e Roberto Firmino; Técnico: Jürgen Klopp

Tottenham: Lloris; Trippier, Vertonghen, Alderweired e Danny Rose; Waynama, Sissoko; Eriksen, Dele Alli e Son; Harry Kane; Técnico: Maurício Pochettino

Nenhum comentário