ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Três jogos movimentaram a Série B no meio de semana

Desde julho de 2018 o Botafogo-SP não vencia como visitante  (Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo)

No meio desta semana, três jogos movimentaram a segunda rodada da Série B. Em Belo Horizonte, na terça-feira (1), o Botafogo-SP surpreendeu o América-MG e venceu o confronto por 0x1. Já na quarta-feira (2), em Barueri, o Oeste bateu o Guarani por 2x0. Por fim, ontem, quinta-feira (3), a Ponte Preta não passou do empate por 1x1 contra o Criciúma, dentro do Moisés Lucarelli.

Mesmo com campanhas distintas nos estaduais, Botafogo-SP e América-MG começaram bem opostos na segunda divisão. Sem grandes chances no decorrer do primeiro tempo, a etapa complementar também não reservou grandes momentos. Somente aos 44 minutos do segundo tempo os visitantes marcaram o único gol do duelo, com Marlon Freitas - volante recebeu passe de Higor Meritão e de cara com o goleiro Fernando, bateu sem chances para o Fernando Leal.

Oito minutos antes, aos 36', o Botafogo-SP havia ficado com 10 jogadores em campo, já que o Roberto Cavalo havia feito as três substituições e o atacante Felipe Saraiva deixou o campo lesionado.

Enquanto o clube de Ribeirão Preto já soma seis pontos, o time mineiro ainda não pontuou no campeonato. O jogo que começou com muita festa e comemoração por conta do aniversário de 107 anos do Coelho, terminou com diversos protestos da torcida americana e alívio da equipe tricolor, que deu sequência a boa fase e venceu o primeiro confronto como visitante no ano.

Elvis marcou o gol que encerrou o jejum de 11 jogos sem vitórias do Oeste (Foto: Jefferson Oliveira/ Oeste FC)

Semelhantes no início do primeiro semestre, Oeste e Guarani deram partida na Série B com dois empates. Precisando do resultado, as duas equipes começaram a rodada com longos jejuns: o Rubrão não vencia desde o dia 18 de fevereiro, enquanto o Burgue  segue sem conquistar uma vitória desde o dia 22 de fevereiro.

Atuando em casa, o Oeste teve as melhores chances durante o decorrer dos 90 minutos e abriu o placar aos 28' com Elvis, que fez um belo gol da entrada da área depois da ajeitada de Mazinho. Após o gol, o ritmo do duelo caiu por parte de ambos os times. Na volta do intervalo, o Guarani teve um pênalti ao seu favor aos 17', mas Diego Cardoso desperdiçou a chance de igualar o marcador.

Apenas 10' depois, veio o gol que matou qualquer chance de reação: após cruzamento recebido, Mazinho tocou de primeira para dentro da área e encontrou Bruno Paraíba, que dominou e fuzilou as redes de Giovanni.

Nesta partida, o treinador Vinícius Eutrópio ainda estreou a nova regra no futebol, aqui no Brasil: a dos técnicos expulsos por cartão. O comandante do Guarani recebeu dois amarelos e foi punido pelo árbitro Elmo Alves Resende Cunha. Eutrópio foi expulso aos sete do segundo tempo e seguiu acompanhando o fim do confronto do camarote.

Apesar do jogo pouco movimentado, o Criciúma arrancou um empate importante nos acréscimos (Foto: Álvaro Jr/ PontePress)

No último jogo desse meio de semana, o duelo entre Ponte Preta e Criciúma teve um nome de destaque: Léo Santos. Com um início de primeiro tempo bastante promissor por parte dos visitantes, a Ponte criou chances a partir dos 30', com o lateral Arnaldo, e posteriormente aos 31', quando Júlio César tabelou com próprio Arnaldo e chutou. O goleiro Paulo defendeu, mas a bola acabou batendo em Léo Santos e terminou no fundo das redes.

Com o placar inaugurado, o time catarinense seguiu em busca do empate, mas não conseguia ser efetivo no ataque e pouco levou perigo. Apenas aos 47 minutos, após falta cometida pela defesa pontepretana, o Criciúma igualou a partida: Marlon cobrou a falta e o próprio Léo Santos cabeçou para se redimir do gol contra que havia marcado.

O empate manteve as equipes sem triunfos na competição, já que o Criciúma foi surpreendido, dentro de casa, pelo Cuiabá e a Ponte perdeu, fora de casa, para o Coritiba.

Confiram os jogos que ainda restam para que a segunda rodada seja encerrada:

Sexta-feira (03/05)

Londrina x Brasil de Pelotas (19h15);
Atlético-GO x Coritiba (21h30)

Sábado (04/05)

Figueirense x São Bento (11h);
Vitória x Vila Nova (16h);
Paraná x CRB (19h);
Cuiabá x Operário-PR (19h)

Segunda-feira (06/05)

Bragantino x Sport (20h)

(Todos os jogos de acordo com o horário de Brasília)

Nenhum comentário