ÚLTIMAS NOTÍCIAS

As 23 convocadas para a Copa: Meias

Foto:Lucas Figueiredo/CBF


Andressinha

Foto: ogol.com.br

Um dos principais nomes da seleção, Andressa Cavalari Machry é meia, gaúcha de Roque Gonzales e tem 24 anos. Participou Mundial de 2015, com apenas 20 anos, e dos Jogos Olímpicos de 2016. Conhecida pela habilidade, ela começou no Kindermann de Santa Catarina, jogou no Iranduba e hoje defende o Portland Thorns, nos Estados Unidos. Na temporada atual, a atleta tem 8 jogos (sendo eles 6 pelo Brasileiro e 2 pela liga americana) e 1 gol, marcado já na América do Norte.


Formiga

Foto: ogol.com.br

Essa é a típica jogadora que dispensa apresentações. Miraildes Maciel Mota, natural de Salvador, tinha 17 anos quando jogou sua primeira Copa, em 1995, na Suécia. Seis Copas e 24 anos depois, Formiga vai novamente a um Mundial. Ela havia se aposentado da seleção, mas voltou atrás após um pedido de Vadão. Agora, será a jogadora mais velha a participar do torneio feminino, além de recordista absoluta de participações entre homens e mulheres, com sete. No currículo da volante, São Paulo, Santos, Rosengard da Suécia, São José e, atualmente, PSG. Na temporada atual a atleta tem 17 jogos, entre Liga dos Campeões e a primeira divisão da França, e nenhum gol anotado.

Luana


Foto: ogol.com.br

Aos 26 anos, a meia Luana, do Jeonbuk KSPO, da Coreia do Sul, ganhou a oportunidade de jogar sua primeira Copa do Mundo pela seleção brasileira. Ela foi convocada substituindo Adriana, artilheira e melhor jogadora do campeonato brasileiro de 2018 pelo Corinthians, equipe que terminou campeã. Na última sexta-feira, através do Instagram, o time alvinegro comunicou que, apesar de convocada por Vadão, Adriana tinha sofrido uma ruptura total do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e passará por cirurgia na quarta-feira da semana que vem, o que inviabiliza a participação da meia de 23 anos no Mundial da França. Luana Bertolucci Paixão tem passagens pelo Centro Olímpico e pelo Avaldsnes, da Noruega.

Thaisa

Foto: ogol.com.br

Com 30 anos, a meia é outra que esteve com o Brasil na Copa de 2015 e nas Olimpíadas do Rio. Na época, Thaisa de Moraes Rosa Moreno, peregrinava por algumas equipes brasileiras, como América Mineiro, São José e Osasco Audax. Natural de Xambrê, no Paraná, ela defende o Milan desde o ano passado e é a única convocada que joga na liga italiana feminina. Na temporada atual a jogadora tem 12 jogos e 2 gols na Liga Italiana.


Conheçam também atletas de outras posições!




Nenhum comentário