ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Começou a 23ª temporada da WNBA, a maior liga de basquete feminino do mundo

Por João Dannemann

Breanna Stewart, do Seattle Storms, é atualmente campeã, MVP e MVP das Finais da WNBA. (Foto: USA Today).

Ontem (24/5), se deu início a mais uma temporada da WNBA, liga de basquete feminino dos Estados Unidos, a mais respeitada do mundo. Essa é a 23ª temporada da história da liga, que vem crescendo a cada ano, tanto em audiência, quando em renda e em incentivos para as atletas.

Dois jogos abriram a temporada regular, que dura cerca de quatro meses. O Atlanta Dream recebeu o Dallas Wings em casa e venceu por 76 a 72, com 17 pontos de Jessica Breland, enquanto o Indiana Fever, campeão da liga em 2012, foi até Nova Iorque e venceu do New York Liberty por 81 a 80, com destaque para Tiffany Mitchel, que fez 22 pontos. Hoje (25), três jogos acontecem na liga. O Phoenix Mercury enfrenta as atuais campeãs do Seattle Storm, fora de casa. O Connecticut Sun recebe as atuais vice-campeãs, do Washington Mystics, em casa, enquanto o Chicago Sky vai à Minneapolis enfrentar o Minnesota Lynx.

Jogadoras do Atlanta Dream comemoram vitória sobre o Dallas Wings no primeiro jogo da temporada 2019. (Foto: Getty Images).

A WNBA é uma liga formada apenas por 12 equipes, divididas em duas conferênciasLeste e Oeste. Cada equipe joga 34 partidas na temporada regular e as oito melhores se classificam para os playoffs, que é dividido em quatro rodadas. As atuais campeãs são as meninas do Seattle Storm, que possuem a atual MVP e MVP das Finais da liga, considerada a melhor jogadora do mundo, Breanna Stewart. A liga tem uma média de seis mil torcedores por jogo. Os dois times com mais títulos na WNBA são o Minnesota Lynx e o Houston Comets, com quatro cada. A brasileira Janeth Arcain participou dos quatro títulos dos Comets e é uma das poucas atletas tetracampeãs da liga.

A grande briga das atletas do basquete feminino é em relação ao baixo incentivo financeiro que as mesmas recebem. Enquanto o salário mínimo de um jogador da NBA é de aproximadamente 838 mil dólares por ano, o salário máximo de uma atleta da WNBA é de 113 mil dólares anuais, uma diferença brutal. Na maior liga de basquete feminino do mundo, a média de salário das atletas é de aproximadamente 75 mil dólares por ano, enquanto na maior liga de basquete masculino a média é de seis milhões de dólares por ano.

Nenhum comentário