ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Volta no tempo na NBA: noites históricas para Dwyane Wade, Dirk Nowitzki e Jamal Crawford

Dwyane Wade, celebrando com a torcida presente no seu último jogo em Miami, cercado por fotógrafos. (Foto: Bleacher Report).

Ontem, noite da NBA recheada com onze jogos e máximo destaque para duas despedidas lendárias. Dwyane Wade e Dirk Nowitzki, que fazem sua última temporada na liga, disputaram suas últimas partidas em casa, por Miami Heat e Dallas Mavericks, respectivamente.

Em Miami, o Heat recebeu o Philadelphia 76ers e venceu por 122 a 99, mas, por conta da vitória dos Pistons contra os Grizzlies, já não tem mais chances de classificação para os playoffs. O homem da noite, Dwyane Wade, voltou aos bons tempos e foi o destaque da sua última partida em casa com 30 pontos. Ele foi ovacionado durante toda a partida. Antes dela, foi apresentado pelo seu filho, Zaire Wade. Fez um discurso emocionante, agradecendo aos fãs, ao Miami Heat e a todos os seus companheiros de time, um por um.

Dirk Nowitzki, muito emocionado, durante sua última partida em Dallas com a camisa dos Maveirkcs, após 21 anos com a franquia. (Foto: Getty Images).

Em Dallas, na vitória dos Mavericks sobre os Suns, outra lenda que também disputou seu último jogo em casa, também fez 30 pontos: Dirk Nowitzki. O alemão não fazia 30 pontos em um jogo desde 2016. Com a marca, se tornou o segundo jogador com mais de 40 anos a fazer 30 pontos em um jogo na história da NBA. O primeiro foi ninguém menos que Michael Jordan.

Após a partida, Dirk também fez um belo discurso agradecendo a todos pelos seus 21 anos nos Mavericks. No fim do discurso, ele brincou: "foi uma bela noite, mas poderia ter sido melhor se o Jamal (Crawford) não roubasse o meu show". Isso porque Crawford, veterano do Phoenix Suns, de 39 anos, fez 51 pontos na partida e se tornou o jogador mais velho na história da NBA a marcar mais de 50 pontos em um jogo. Além disso, ele se tornou o primeiro jogador na história da liga a marcar 50 pontos por quatro times diferentes. Uma noite muito especial para os saudosistas do basquete.



Nenhum comentário