ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vitória vacila e perde para o Botafogo-SP na estreia da Série B

Botafogo se aproveitou do apagão do Vitória e marcou dois gols em um intervalo de três minutos (Foto: Divulgação)

Na manhã deste sábado (27), o Botafogo-SP venceu o Rubro-Negro baiano por 1x3, no estádio Santa Cruz. O duelo válido pela
 primeira rodada da Série B, marcou a primeira vez que o horário das 11h (de Brasília), foi utilizado na segunda divisão. O gol do Leão foi marcado pelo jovem Caíque Silvio, enquanto Rafael Costa, em duas ocasiões, e Edcarlos, contra, balançaram as redes para a equipe paulista.

Logo na primeira jogada da etapa inicial, Andrigo fez boa jogada pela direita, tocou para dentro da área, mas viu o defensor chegar antes de Caíque Silvio e afastar pela linha de fundo. Dois minutos depois, os mandantes responderam com Bruno José, que recebeu passe de Pará, driblou Edcarlos e chutou cruzado. O arremate do atacante botafoguense foi afastado por Fabrício, que cortou praticamente em cima da linha.

Aos oito, Rafael Costa aproveitou a bola escorada após o escanteio e empurrou a bola para o fundos das redes, mas o bandeirinha flagrou impedimento e anulou o gol. Posteriormente, aos 12', o Botafogo seguiu pressionando e voltou a levar perigo com Erick, depois de um chutaço de fora da área defendido pelo arqueiro Rubro-Negro. 

A resposta do Vitória veio somente aos 35', com Andrigo. O camisa 10 do Leão aproveitou boa jogada de Matheus Rocha, infiltrou pela ponta direita da área e bateu forte para a defesa de Darley. No lance, Neto Baiano, que estava desmarcado no meio da área, ficou na bronca com o companheiro, por não receber o passe.

Na volta do intervalo, o Vitória abriu o placar com Caíque Silva, aos dois minutos. Após uma boa jogada de Rodrigo Andrade, que passou pelo marcador com uma bela pedalada na ponta direita, o jovem atleta do Leão apareceu pelas costas do defensor e completou de cabeça o cruzamento do volante rubro-negro - a bola ainda tocou na trave antes de entrar.

Quase de imediato, o Botafogo voltou a assustar o gol do Leão. Jonata Felipe tentou o passe e viu a bola desviar em Andrigo, passar pela defesa e sobrar nos pés de Rafael Costa. Cara a cara com Caíque, o atacante deu um toquinho na bola, mas o goleiro do Leão salvou também com os pés.

Já aos 13', Rafael Costa teve novamente outra oportunidade e não desperdiçou. Recebendo o passe na entrada da área, o camisa 99, que estava em posição irregular, girou e chutou firme, sem chances para Caíque. Após sofrer o empate, o Vitória só voltou a assustar aos 30', quando Ruan Potó recebeu um lançamento da defesa, invadiu a área e rolou para Andrigo, que dominou e bateu forte para o gol, obrigando Darley a fazer uma boa intervenção.

Faltando 11' para o final da partida, Felipe Saraiva driblou Matheus Rocha pela ponta esquerda, invadiu a área e foi derrubado por Rodrigo Andrade. Sem exitar, o árbitro apontou para a marca da cal. Na cobrança, Rafael Costa virou o marcador para os donos da casa. 

Somente um minuto depois, outra falha defensiva do Leão deu números finais ao confronto. Edcarlos tentou sair jogando, perdeu a bola para o próprio Felipe Saraiva e viu o atacante do time paulista disparar em direção ao gol; o zagueiro ainda conseguiu chegar no lance, mas tocou na bola e acabou mandando contra o próprio gol. 

Sem vencer desde o dia 6 de fevereiro (13 jogos), o Vitória volta aos gramados contra o Vila Nova, no sábado (4) dentro do Barradão. Já o Botafogo-SP joga na terça-feira (30), contra o América-MG, no Independência.

Confiram os melhores momentos:


Nenhum comentário