ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Série A: Região Sul e Minas Gerais

Dando sequência ao Guia do Brasileirão Série A 2019 que começou com a análise das equipes do Nordeste e Centro-Oeste, hoje é a vez das equipes da região sul e do estado de Minas Gerais.

Região Sul

Grêmio posa ao lado da taça do campeonato gaúcho 2019 (Foto: Twitter oficial do clube)

GRÊMIO: O Imortal Tricolor chega ao Brasileirão com moral e embalado pelo título gaúcho, conquistado há algumas semanas de forma invicta (17 jogos, 11 vitórias e 6 empates). Na Libertadores, o clube após um início ruim e estar praticamente eliminado, "virou o jogo" e ocupa agora a segunda colocação do seu grupo e depende agora das próprias forças na última rodada para ir às oitavas de final da competição.

Com um elenco com jogadores de muita qualidade, como Éverton Cebolinha, Luan, Diego Tardelli, Geromel e comandado por Renato Gaúcho, o Grêmio se credencia a ser uma das equipes que brigarão pelo título do campeonato brasileiro, ou na pior das hipóteses, figurar no G4. Acumula em 2019: 22 jogos, 13 vitórias, 7 empates e 2 derrotas.

(Foto Ricardo Duarte/ Internacional)

INTERNACIONAL: Rival do tricolor, o Colorado apesar do vice campeonato gaúcho, a equipe na Taça Libertadores da América segue invicta na fase de grupos, com 4 vitórias e 1 empate, com isso, já está classificado para as oitavas de final.

Com jogadores renomados em seu elenco como D'Alessandro, Rafael Sóbis e Guerrero, o Internacional assim como o seu rival, é um dos clubes candidatos a estarem no G4 do Brasileirão. Em 2019 acumula: 22 jogos, 14 vitórias, 4 empates e 4 derrotas.

(FOTO: Frederico Tadeu / AVAÍ F.C.)

AVAÍ: Uma das equipes vindas da Série B, a equipe alviceleste vem motivada pelo título do campeonato catarinense em cima da Chapecoense. Já na Copa do Brasil, o Avaí chegou até a 3ª fase, sendo eliminado para o Vasco da Gama com duas derrotas (3x2 e 1x0). Havia derrotado Real Ariquemes e Brasil de Pelotas, na primeira e segunda fase, respectivamente.

Acumula em 2019: 24 jogos, 14 vitórias, 5 empates e 5 derrotas. Sem jogadores renomados e por conta do baixo poder de investimento, tendo em vista que a equipe disputava a segunda divisão na temporada passada, o Avaí é candidato a figurar na parte de baixo da tabela, brigando para não ser rebaixado.

(Foto: Twitter oficial do clube)

CHAPECOENSE: O verdão catarinense chegou a final do campeonato estadual, mas ficou com o vice campeonato ao perder para a equipe do Avaí. Além desta competição, a Chape foi eliminada precocemente da Copa Sul-americana, ainda na primeira fase ao empatar os dois jogos contra o Unión La Calera do Chile. Fora de casa em 0x0 e na Arena Condá em 1x1. Este gol sofrido decretou a sua eliminação.

Na Copa do Brasil, alcançou a quarta fase e foi eliminada pelo Corinthians. A Chape venceu o primeiro jogo em casa por 1x0, mas perdeu em São Paulo por 2x0. Em 2019 acumula: 28 jogos, 14 vitórias, 9 empates e 5 derrotas. Chega para o Brasileirão candidata a disputar a parte de baixo da tabela.

(Foto: Paraná Online)

ATHLETICO PARANAENSE: Único representante do seu estado, o Furacão vem motivado pela conquista da Copa Sul-americana no final da temporada passada. Nesta temporada, a equipe se dividiu entre o estadual e a Copa Libertadores da América. No campeonato paranaense, sagrou-se campeão ao vencer na final, a surpreendente equipe do Toledo. Já na Copa Libertadores, conquistou a classificação para as oitavas com uma rodada de antecedência. Lidera o grupo que conta com o Boca Juniors/ARG.

Apesar da saída do seu artilheiro e principal jogador em 2018, Pablo, o Athletico manteve a base e conseguiu repor, até o momento, a altura com a chegada do argentino Marco Rubén. O Furacão acumula em 2019: 20 jogos, 11 vitórias, 3 empates e 6 derrotas.

Devido à regularidade e futebol apresentado na atual temporada, além da manutenção do comando técnico, o Athletico se credencia como um dos candidatos a brigarem na parte de cima da tabela, inclusive no G4.

Minas Gerais

(Foto: Site CBF)

CRUZEIRO: A Raposa vem de um grande desempenho até aqui na temporada. No campeonato mineiro, a equipe conquistou o título de forma invicta, com 11 vitórias e 5 empates. Na final venceu o seu rival, Atlético Mineiro ao vencer por 2x1 no Mineirão e empatar em 1x1 na Arena Independência.

Na Libertadores, a invencibilidade permanece. O Cruzeiro venceu os cinco jogos que fez até o momento na primeira fase e já conquistou a classificação para as oitavas de final. Além da classificação, algo que merece destaque é o fato do time não ter sido vazado nestes jogos. A equipe conta com jogadores super renomados e de grande qualidade como o goleiro Fábio, o zagueiro Dedé, o meia Rodriguinho e o atacante Fred.

No geral, em 2019 acumula: 21 jogos, 16 vitórias e 5 empates. Diante desta campanha até aqui na temporada, a raposa se credencia como um dos clubes que brigarão pelo título do campeonato brasileiro.

(Foto: Site Globo Esporte)  

ATLÉTICO MINEIRO: Ao contrário do seu maior rival, o Galo enfrenta uma crise, que culminou inclusive com a demissão do treinador Levir Culpi. No campeonato estadual ficou com o vice campeonato ao perder para o Cruzeiro. Na Copa Libertadores da América, o Atlético disputou inicialmente duas fases preliminares e avançou, conquistando uma vaga na fase de grupos.

Porém, na fase de grupos a equipe não conseguiu realizar uma boa campanha e já está eliminado com uma rodada de antecedência. Em cinco jogos, foram quatro derrotas e apenas uma vitória.

Na temporada, a equipe acumula: 25 jogos, 14 vitórias, 5 empates e 6 derrotas. Com a instabilidade vivida dentro e fora dos gramados, o Galo se credencia a ser uma das equipes que brigarão no meio da tabela do Brasileirão.

Nenhum comentário