ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Série B: Equipes do Sul

Paraná e Coritiba decepcionaram no Campeonato Paranaense e buscam a redenção na Série B (Foto: Albari Rosa/ Gazeta do Povo)

Brasil de Pelotas: Terceira pior equipe do Campeonato Gaúcho e já eliminado da Copa do Brasil, o Brasil de Pelotas chega em baixa para disputar a Série B. O time Xavante passou na primeira fase do mata-mata nacional pelo Tubarão, nos pênaltis, mas sucumbiu na segunda rodada no duelo contra o Avaí, dentro da Ressacada. 

Assim como outros concorrentes no torneio, o time de Pelotas optou por demitir o treinador Paulo Roberto Santos e efetivar Gustavo Papa, fundamental na fuga do rebaixamento.
Campanha no ano: duas vitórias, cinco derrotas e seis empates

Coritiba: Cercado de desconfiança, o clube Coxa Branca inicia a busca pelo acesso com bastante pressão, principalmente por conta do fracasso na temporada passada. O começo de temporada irregular contribuiu para o vice-campeonato na primeira fase do Campeonato Paranaense, assim como na eliminação para o rival Athletico na semifinal do segundo turno.

Já a eliminação da Copa do Brasil para o modesto URT, resultou na demissão do técnico Argel Fucks e na contratação de Umberto Louzer.
Campanha no ano: seis vitórias, três derrotas e sete empates

Criciúma: Sem muito brilho nesse início de ano, o Criciúma ainda não convenceu nessa temporada. Classificado no Campeonato Catarinense, o Tigre foi eliminado no mata-mata da competição pelo Avaí nas semifinais. Além disso, na Copa do Brasil, os Carvoeiros passaram por São Raimundo-PA e Oeste, até enfrentar a Chapecoense, equipe responsável por eliminar o Criciúma do torneio. 

Outra questão importante e alarmante para o torcedor do Tigre, o fraco desempenho nos jogos importantes dessa temporada chama atenção. Enfrentando rivais como: Avaí, Chapecoense, Figueirense e Joinville, o Criciúma venceu apenas o JEC, em uma oportunidade.
Campanha no ano: nove vitórias, nove derrotas e quatro empates

Figueirense e Criciúma foram eliminados nas semifinais do Campeonato Catarinense (Foto: FILIPE DE ANDRADE/AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDO)

Figueirense: Com um desempenho abaixo do esperado, o Figueirense buscar se afirmar na Série B. A terceira melhor campanha no estadual reservou o confronto com a Chapecoense, onde o time alvinegro perdeu pelo placar mínimo e se despediu da competição. 

Pela Copa do Brasil, o Figueira passou pelo Boavista, mas não resistiu ao confronto contra o Luverdense na segunda fase.
Campanha no ano: nove vitórias, quatro derrotas e oito empates

Londrina: O pedido de demissão do técnico Roberto Fonseca, que ficou apenas um jogo no comando do time alviceleste, tornou o Londrina uma incógnita para a disputa da segunda divisão. Sem grande campanha no Paranaense, o Londrina vinha com bons resultados na Copa do Brasil até enfrentar o Bahia e perder por 4x0. 

No mata-mata nacional, o time do Estádio do Café eliminou o Americano-RJ, o Paraná e posteriormente o Botafogo-PB. A volta do duelo contra o Esquadrão ocorrerá nesta quinta-feira (25) e somente um milagre classificaria os alvicelestes.
Campanha no ano: sete vitórias, quatro derrotas e seis empates 

Operário-PR: Vindo da Série C, o Operário chega como um "frango atirador" nessa temporada. Sem disputar a Copa do Brasil, as forças do clube alvinegro ficaram voltadas para o estadual, onde a equipe passou para as semifinais do primeiro turno, mas sucumbiu para o Toledo. Já no segundo turno, o Operário não conseguiu passar de fase.
Campanha no ano: sete vitórias, três derrotas e seis empates 

Paraná: Rebaixado na temporada passada, o Paraná chega na Série B com baixas perspectivas de acesso. Sem avançar de fase nos dois turnos do Campeonato Paranaense, o clube Tricolor passou do Itabaiana-SE na primeira fase da Copa do Brasil, mas foi eliminado na segunda fase pelo Londrina, após uma disputa de pênaltis.
Campanha no ano: cinco vitórias, quatro derrotas e quatro empates

Confiram também as novidades para a Série B, além do Guia dos clubes que disputarão a competição por região, além do Sudeste:


Centro-Oeste/ Nordeste;
Sudeste.

Nenhum comentário