ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Raptors, Celtics e Warriors levam a melhor nos três primeiros confrontos das semifinais de Conferência

No final de semana, três das quatro semifinais de conferência tiveram seus primeiros jogos nos playoffs da NBA. No Leste, os dois confrontos já começaram. O primeiro, entre Raptors e 76ers, foi melhor para o time de Toronto. No segundo, os Celtics bateram os Bucks em Milwaukee. Pelo Oeste, numa reedição das finais de conferência do ano passado, os Warriors venceram dos Rockets em jogo marcado por polêmicas. Já a outra semifinal, entre Nuggets e Trail Blazers, acontece hoje (29/4), em Denver, às 23h30 (de Brasília).


  • 108 - Toronto Raptors (2) x Philadelphia 76ers (3) - 95
Kawhi Leonard, com 45 pontos, foi o homem do jogo no primeiro confronto entre Raptors e 76ers. (Foto: Getty Images).

No sábado (27/4), em Toronto, no Air Canada Centre, os Raptors receberam o Philadelphia 76ers e nem deram chances ao azar. O time da casa comandou o confronto do início ao fim, com direito a atuações grandiosas de Kawhi Leonard e Pascal Siakam, que combinaram para 74 pontos. Leonard, com 45 pontos, bateu seu recorde pessoal de pontuação em um jogo de playoffs. 

Pelo time visitante, muita distribuição dos pontos, com seis jogadores alcançando duplos dígitos, com destaque para Tobias Harris, que fez um duplo-duplo consistente de 14 pontos e 15 rebotes. Porém, o time da Filadélfia teve um aproveitamento muito ruim nos arremessos de quadra, com apenas 35 de 89 convertidos, em 39,3%. Já os Raptors alcançaram quase 52% de bolas convertidas, com arremessos muito mais proveitosos. Com a vitória, Toronto também acaba com uma sequência de quatro séries seguidas perdendo o primeiro jogo

O próximo jogo da série é hoje (29/4), às 21h (de Brasília), de novo em Toronto.

  • 90 - Milwaukee Bucks (1) x Boston Celtics (4) - 112
Na imagem, fica clara a forte e eficiente marcação dos Celtics em Giannis Antetokounmpo. (Foto: USA Today).

No domingo (28/4), o quarto lugar na conferência Leste, Boston Celtics, surpreendeu o time de melhor campanha da temporada regular, o Milwaukee Bucks, e venceu o primeiro jogo da série, em Milwaukee. Destaque absoluto para os duplo-duplos de Kyrie Irving, com 26 pontos e 11 assistências, e Al Horford, com 20 pontos e 11 rebotes. 

O jogo foi marcado por uma má atuação do mais forte candidato ao prêmio de MVP da temporada regular, o grego Giannis Antetokounmpo. Os Celtics conseguiram fazer um excelente sistema de marcação em cima do astro dos Bucks, que terminou a partida com 22 pontos, mas demonstrando um basquete muito abaixo da sua capacidade. Além da forte marcação, o time de Boston também contou com aproveitamento muito superior nos arremessos de quadra. Foram 54% das bolas convertidas, contra apenas 34% de Milwaukee. Agora, os Celtics só precisam vencer seus três jogos em casa para avançarem.

O próximo jogo da série é amanhã (30/04), às 21h (de Brasília), em Milwaukee.

  • 104 - Golden State Warriors (1) x Houston Rockets (4) - 100
Stephen Curry sinaliza a linha da quadra junto ao árbitro, zombando de James Harden que pisou fora dos limites. (Foto: USA Today).

Também no domingo (28/4), o Golden State Warriors, primeiro colocado no Oeste, venceu do Houston Rockets, quarto colocado, em Oakland, num jogo marcado por muitas polêmicas. Kevin Durant atuou em mais uma noite memorável, com 35 pontos. Pelo time visitante, o atual MVP da liga, James Harden, também fez seus 35 pontos.

Apesar de atuações muito consistentes das principais estrelas e de muito equilíbrio no placar do início ao fim do jogo, as polêmicas foram as grandes protagonistas na primeira partida da série. Principalmente em uma suposta falta não marcada de Klay Thompson em James Harden nos segundos finais do jogo, que daria três arremessos de lance-livre ao jogador dos Rockets. Na sequência do lance, Chris Paul reclamou muito da arbitragem, tomou falta técnica e cedeu pontos aos Warriors

Depois do jogo, o Houston Rockets enviou uma carta à NBA, alegando que o Golden State Warriors foi amplamente favorecido pela arbitragem e que, de catorze faltas claras do time da casa, apenas três foram marcadas. A NBA ainda não se pronunciou sobre o caso e o atual campeão da liga, com isso, abre um a zero e fica mais próximo das finais de conferência.

O próximo jogo da série é amanhã (30/4), às 23h30 (de Brasília), em Oakland, casa dos Warriors.

Nenhum comentário