ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Paulo Carneiro é eleito e está de volta a presidência do Vitória

Paulo Carneiro retorna prometendo que o Vitória conseguirá o acesso (Foto: Vagner Souza/ BNews)

Em votação realizada nessa quarta-feira (24), Paulo Carneiro desbancou Raimundo Viana, Isaura Maria e Gilson Presídio, e retorna ao posto mais alto do clube após 14 anos. Dos 2200 sócios que participaram da votação, o recém-eleito presidente do Leão contou 1474 votos a seu favor e comandará o clube até dezembro de 2022 - o mandatário rubro-negro também comandou o clube entre 1991 e 2005.

Durante a campanha, Paulo Carneiro teve o apoio de ex-presidentes como: Alexi Portela, Jorginho Sampaio, Ademar Lemos e Manoel Matos. Ao seu lado, o icônico mandatário rubro-negro contará com Luiz Henrique como seu vice-presidente. Além de definir a eleição presidencial do clube, as votações de hoje também elegeram Fábio Mota, que será presidente do Conselho Deliberativo e Jailson Reis, eleito presidente do Conselho Fiscal.

Conquistas

Comandando o Vitória durante a década de 1990 e o início dos anos 2000, Paulo Carneiro teve diversas conquistas no âmbito estadual e regional. Pelo Campeonato Baiano, o Leão foi campeão em 10 oportunidades (1992, 1995, 1996, 1997, 1999, 2000, 2002, 2003, 2004 e 2005), já pela Copa do Nordeste, o Vitória conquistou o título três vezes (1997, 1999, 2003).

Além disso, boas campanhas nas competições nacionais também foram vistas, como por exemplo, a histórica campanha no Brasileirão de 1993, quando a equipe foi vice-campeã, perdendo a final para o Palmeiras da Parmalat.

Propostas

  • União: utilização de ferramentas institucionais para alimentar o processo de união das diversas comunidades do clube (funcionários, torcida, sócios, conselheiros e presidentes históricos);
  • Inovações na gestão: software de gestão de futebol para catalisar todas as informações administrativas e técnicas, implantação de ações institucionais, projeto de coaching desportivo, além da formação de novos gestores;
  • Formação acadêmica de jogadores da base: programa de educação escolas e projeto da escola de futebol do Leão;
  • Internacionalização: utilização de um departamento de relações internacionais , além da retomada do processo de internacionalização da marca do Vitória nos principais mercados do futebol mundial.
Promessas

  • Transformar a comunicação com o sócio a prioridade do clube;
  • Contratação de uma auditoria independente para apuração das contas do clube no último triênio;
  • Reformar o estatuto, promovendo novos avanços institucionais;
  • Transformar o "Sou Mais Vitória" em um programa de fidelidade;
  • Atrair universidades para implantação de programas de novos gestores;
  • Trazer jovens revelações do futebol Sul-Americano sub-18, tendo o mercado equatoriano e colombiano como prioridades;
  • Definir um plantel profissional com, no mínimo, 50% dos atletas tendo até 25 anos;
  • Estabelecer parcerias no mercado americano para migrar atletas de segunda linha do sub-20 para clubes da USL (liga profissional de futebol dos Estados Unidos) da primeira e segunda divisão;
  • Modernização do Barradão;
  • Implantação de uma metodologia única no futebol, envolvendo: escola-formação-principal;
  • Definição de uma política institucional de futebol com aproveitamento majoritário de atletas formados no clube;
  • Preservar os direitos do Vitória na Arena Fonte Nova.

Nenhum comentário