ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Finalizada a (histórica) quartas de finais da Champions

Predestinado, Llorente entrou, ainda no primeiro tempo, no lugar de Sissoko, que havia se lesionado e marcou o gol da classificação dos Spurs (Foto: Getty Images) 

Após jogos marcantes, as semifinais da Champions League foram definidas: Barcelona contra Liverpool e Tottenham contra Ajax, essas são os dois confrontos que irão definir os finalistas da competição. O jogo de ida entre o time catalão e os Reds acontecerá em Liverpool, enquanto no outro duelo os holandeses terão a vantagem de decidir a classificação em Amsterdam.

O Barcelona não teve dificuldades para bater o Manchester United por 3x0, no Camp Nou. Após uma atuação discreta na ida, Messi resolveu para os Culés na segunda partida e com dois gols no primeiro tempo, tranquilizou os mais de 90 mil torcedores presentes no histórico estádio. Posteriormente, Coutinho deu números finais a partida e sacramentou o placar agregado de 4x0.


Rival dos Catalães, o Liverpool também não tiveram problemas para avançar de fase. Com a vitória por 4x1, no Estádio do Dragão, os Reds fizeram 6x1 no geral e assim como na temporada passada, despacharam o clube português. Os gols dos Reds foram marcados pelos quatro principais jogadores do atual elenco: depois de Mané abrir o placar, Salah, Firmino e Van Dijk também deixaram suas marcas.


Em contrapartida, os jovens jogadores do Ajax deram sequência a campanha histórica que estão fazendo e suaram para ganhar de 1x2, da Juventus. Após eliminarem o Real Madrid no Santiago Bernabeu, os torcedores holandeses novamente presenciaram uma atuação sólida e consistente do Ajax, fora de casa, contra um gigante do continente. Mesmo com Cristiano Ronaldo tirando o zero do placar, os jovens atletas do clube holandês não abdicaram do estilo de jogo da equipe e viraram com gols de van de Beek e De Ligt, em pleno Juventus Stadium.


Por fim, o Tottenham contou com o uso do árbitro de vídeo (VAR) para se classificar em um jogo épico contra os Manchester City, no Eithad Stadium. Sterling abriu o placar aos quatro minutos, mas não teve tempo de comemorar, já que o coreano Son empatou aos sete e virou aos dez minutos. Logo em seguida, Bernardo Silva voltou a igualar o marcador aos 11 e viu Sterling marcar novamente aos 21. Na volta do intervalo, Aguero deixou sua marca aos 59 e iria levando os Cityzens as semifinais, mas o contestado Llorente deu números finais ao placar aos 73 minutos.


VAR

Pelos jogos de volta das quartas de finais, o auxílio do árbitro de vídeo foi bastante utilizado pelos árbitros. No jogo entre Ajax e Juve, a tecnologia foi usada para revisar o gol de Cristiano Ronaldo e assim como no gol de van de Beek. Já no duelo entre Barça e United, o juiz Felix Brych chegou a marcar pênalti cometido pelo brasileiro Fred, mas após rever o lance, anulou a marcação. 

O VAR flagrou a posição irregular de Aguero no gol que seria decisivo para a classificação dos Cityzens (Foto: BT Sport)

Por último, na partida entre Cityzens e Spurs, o VAR teve ainda mais destaque: com o placar marcando 4x2 para o City, Llorente marcou o gol da classificação do Tottenham com a cintura, mesmo após um leve desvio no braço - por entender que estava colado ao corpo, o turco Cüneyt Çakir validou o gol do espanhol. Além disso, o gol marcado por Sterling aos 93 minutos foi anulado por conta de um impedimento do argentino Sergio Aguero, pois o árbitro interpretou que o desvio de Bernardo Silva após o passe de Eriksen gerou uma jogada, onde o camisa 9 da equipe de Manchester estava em posição irregular.

Guardiola não acreditou que o gol de Sterling havia sido anulado (Foto: PA:PRESS ASSOCIATION)
Curiosidades:

  • A classificação dos holandeses encerrou um jejum de 22 anos da equipe sem chegar as semifinais;
  • O Ajax se tornou a primeira equipe há vencer fora de casa o Real Madrid e a Juventus, pela Champions League, em uma mesma edição;
  • A última vez que o Barcelona havia ficado entre os quatro melhores equipes da Champions League, foi na edição 14/15;
  • A última vez que Cristiano Ronaldo não chegou nas semifinais foi na temporada 09/10;
  • Manchester City e Tottenham fizeram o primeiro duelo da história da Champions com quatro gols nos 11 minutos iniciais. Além disso, marcou também o confronto mais rápido a ter quatro e cinco gols em uma partida, 11 e 21 minutos, respectivamente;
  • O Tottenham chegou as semifinais pela segunda vez em sua história e encerrou o maior jejum de qualquer clube na historia da Champions League: 57 anos (1962) sem ficar entre os quatro melhores da competição;
  • Adversário pela Champions League, o Liverpool é o único clube inglês que já enfrentou Messi e não sofreu gols;
  • É a terceira vez na história que ocorrem 12 gols em um mesmo dia de quartas de final da Champions League - as outras duas foram em 1997 e em 2003;
  • Son foi o quarto jogador a fazer dois gols de forma mais rápida, nos 10 primeiros minutos de uma partida da Champions;
  • Son e Sterling foram os primeiros jogadores a fazerem dois gols nos primeiros 21 minutos de uma mesma partida, pela competição;
  • Pelas quartas de final em diante, de Bruyne se tornou o primeiro jogador com três assistências na mesma partida, desde Ryan Giggs, em 2007.

Nenhum comentário