ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Confira como foi a primeira rodada dos playoffs da NBA

No final de semana (13/4 e 14/4), aconteceram os primeiros oito jogos dos playoffs da temporada 2018-19 da NBA. Algumas surpresas, como as vitórias do Magic sobre os Raptors, em Toronto, ou a vitória dos Nets sobre os 76ers, na Filadélfia. Alguns resultados bem amplos, como as vitórias dos Warriors, Bucks e Rockets. Alguns placares surpreendentemente baixos, como o do duelo entre Celtics e Pacers. Confira o resumão dos oito jogos abaixo.

  • 102 - Philadelphia 76ers (3) x Brooklyn Nets (6) - 111
D`Angelo Russel, dos Nets, dribla a bola passando por J.J. Redick, dos 76ers, que saiu do jogo com seis faltas. (Foto: Getty Images).

No Wells Fargo Center, Filadélfia, os 76ers, terceiros colocados no Leste, foram surpreendidos pelo Brooklyn Nets, sexto da conferência, e perderam por 111 a 102. O grande destaque do jogo foi de D'Angelo Russell, armador de Brooklyn, que fez 26 pontos e deu quatro assistências. Pelo lado derrotado, as estrelas Jimmy Butler e Joel Embiid foram bem. O primeiro com 36 pontos e o segundo com 22 pontos e 15 rebotes.

Os Nets foram bem desde o início do jogo. Tomaram a frente do placar já no primeiro quarto e conseguiram segurar todas as tentativas de reação dos 76ers. Uma das grandes diferenças das equipes na partida foi o aproveitamento nos arremessos de três pontos. O time de Brooklyn acertou 11 de 26 arremessos de longa distância, enquanto o time do Philadelphia teve um aproveitamento pífio com apenas três acertos em 25 tentativas. Com a vitória, os Nets abrem um a zero na série e, agora, têm certa vantagem, pois só precisam vencer seus três jogos em casa para avançarem de fase.

O segundo jogo da série é hoje (15/4), às 21h (de Brasília), novamente na Filadélfia.

  • 101 - Toronto Raptors (2) x Orlando Magic (7) - 104
D.J. Augustin (esquerda) comemora bola de três pontos que deu vitória ao Magic com seu companheiro Evan Fournier (direita). (Foto: USA Today).

Outro resultado surpreendente da noite de sábado foi a vitória do Magic, sétimo lugar no Leste, sobre os Raptors, segundo lugar, em Toronto. O destaque para o time de Orlando foi do armador D.J. Augustin, com 25 pontos e seis assistências, além de acertar um arremesso de três pontos nos segundos finais para desempatar o jogo e dar o triunfo ao time visitante. Pelo time da casa, Pascal Siakam e Kawhi Leonard fizeram mais de 20 pontos cada. 

Destaque mais que negativo na partida para Kyle Lowry, armador titular dos Raptors, que já foi All-Star e terminou a partida com nenhum ponto, em zero de sete arremessos de quadra. Os Raptors têm o segundo pior aproveitamento no primeiro jogo de playoffs na história da NBA. Disputaram 16 partidas e venceram apenas duas. Com a vitória, o Magic só precisa vencer seus três jogos em Orlando para passar de fase. O próximo jogo da série é amanhã (16/4), às 21h (de Brasília), em Toronto.


  • 121 - Golden State Warriors (1) x Los Angeles Clippers (8) - 104
Steph Curry foi o grande nome da vitória dos Warriors no jogo 1 contra os Clippers. (Foto: Bleacher Report).

Um dos primeiros jogos sem surpresas foi esse. Os Warriors venceram os Clippers, em Oakland, com certa facilidade e graças a uma atuação monstruosa de Steph Curry. O armador fez 38 pontos, pegou 15 rebotes e deu sete assistências. Ele converteu oito arremessos de três pontos e, com isso, chegou aos 386 em playoffs na carreira, ultrapassando Ray Allen (385) e se tornando o jogador com mais bolas de três convertidas na história dos playoffs da NBA.

O jogo ficou marcado por um duelo interessante. Patrick Beverley, armador dos Clippers e um dos melhores defensores da liga, ficou responsável por tirar o astro Kevin Durant do sério durante a partida. Conseguiu. A quatro minutos do fim, após jogada polêmica, os dois se desentenderam e ambos foram expulsos de jogo. Durant, sem remorso, ao fim do jogo disse em entrevista que é apenas o trabalho do adversário e que ele não tem nada além de respeito por Beverley

O segundo jogo da série é hoje (15/4), às 23h30 (de Brasília), novamente na casa dos Warriors, em Oakland

  • 96 - Denver Nuggets (2) x San Antonio Spurs (7) - 101
Derrick White, dos Spurs, comemora muito uma enterrada monstruosa em cima do experiente pivô dos Nuggets, Paul Millsap. (Foto: USA Today).

Um dos times sensações da temporada, o Denver Nuggets, que foi segundo lugar no Oeste, decepcionou em casa e foi derrotado pelo experiente time dos Spurs, sétimo na conferência, comandado pelo treinador Gregg Popovich, que se classificou para os playoffs da NBA nos últimos 22 anos. O destaque da partida foi para DeMar DeRozan, ala-armador de San Antonio, que fez 18 pontos, pegou 12 rebotes e deu seis assistências. Por Denver, o All-Star Nikola Jokic, na sua primeira aparição em playoffs, fez um triplo-duplo com 10 pontos, 14 rebotes e 14 assistências.

Os Nuggets sofreram na partida com baixíssimo aproveitamento tanto da linha de três pontos quanto do lance-livre. De trás do arco, foram apenas seis bolas convertidas em 28 tentadas, um aproveitamento de 21%. Da linha de um, foram pífios 66,7% de aproveitamento. Enquanto os Spurs acertaram 46% das tentativas de três e 70% do lance-livre. Com a vantagem na série, San Antonio jogará por três vitórias em casa para avançar. O próximo jogo é amanhã (16/4), às 22h (de Brasília), em Denver, Colorado.

  • 84 - Boston Celtics (4) x Indiana Pacers (5) - 74
Kyrie Irving (direita), dos Celtics, tenta infiltração sendo marcado por Bojan Bogdanovic (centro) e Myles Turner (esquerda), dos Pacers. (Foto: Getty Images).

O duelo entre Celtics e Pacers, em Boston, foi marcado pelo equilíbrio intenso, por um placar muito baixo, com inúmeros erros por ambos os ataques e boas posses defensivas dos dois lados. Destaque da partida para Kyrie Irving, que fez 20 pontos, deu sete assistências e pegou cinco rebotes. Pelos Pacers, apenas dois jogadores fizeram mais de 10 pontos na partida, nenhum passou de 15.

Os aproveitamentos de ambas as equipes foram muito baixos, com pequena vantagem dos Celtics, que converteram 28 de 77 arremessos de quadra, aproveitamento pouco superior a 36%, enquanto os Pacers também converteram apenas 28 arremessos de quadra, mas de 84 tentativas, com aproveitamento de 33%. O segundo jogo da série é novamente em Boston, no TD Garden, na quarta (17/4), às 20h (de Brasília).

  • 104 - Portland Trail Blazers (3) x Oklahoma City Thunder (6) - 99
Damian Lillard, dos Blazers, tenta infiltração em meio à defesa do Oklahoma City Thunder. (Foto: Getty Images).

No que talvez seja o confronto mais equilibrado dessa primeira rodada dos playoffs, os Trail Blazers começaram com uma boa vantagem. Absoluto destaque para Damian Lillard que fez 30 pontos, com cinco bolas de três convertidas, sendo três delas de muito longe e nos minutos finais de jogo, dando a vantagem para Portland. Quem também brilhou pelo time da casa foi o pivô turco Enes Kanter, com 20 pontos e 18 rebotes, sendo 10 deles ofensivos e também nos minutos finais da partida, para contribuir na manutenção de posse da sua equipe.

Pelo Thunder, Russell Westbrook conseguiu mais um triplo-duplo, com 24 pontos, 10 rebotes e 10 assistências, mas não teve uma boa noite em questão de aproveitamento nos arremessos. Paul George, bom candidato a MVP, passou a semana tratando de dores intensas no ombro direito, mas, mesmo assim, foi muito bem na partida, com 26 pontos e 10 rebotes. A vitória foi importantíssima para os Blazers, que só precisam manter a invencibilidade em casa na série para avançarem. O próximo jogo é em Portland, no Moda Center, amanhã (16/4), às 23h30 (de Brasília).

  • 121 - Milwaukee Bucks (1) x Detroit Pistons (8) - 86
Giannis Antetokounmpo dando uma bela enterrada durante a vitória dos Bucks sobre os Pistons. (Foto: USA Today).

Time de melhor campanha da temporada regular, o Milwaukee Bucks, começou os playoffs da mesma forma que esteve em toda a temporada: avassaladoramente. Ganharam de maneira fácil dos Pistons, em casa. Um dos mais fortes candidatos ao prêmio de MVP, Giannis Antetokounmpo, não decepcionou e fez 24 pontos, com 17 rebotes garantidos. Além dele, outros seis jogadores de Milwaukee passaram dos dois dígitos de pontuação.

Pelo lado de Detroit, dois golpes duros. Seu principal astro, Blake Griffin, deve ficar de fora por toda a série por conta de uma lesão. Sua outra grande estrela, Andre Drummond, não foi bem sem a companhia do seu parceiro de garrafão. Apesar do duplo-duplo com 12 pontos e 12 rebotes, Drummond teve a pior eficiência da história dos playoffs da NBA, com -45. Com isso, ficará muito difícil para os Pistons passarem pelos favoritos do Leste. O próximo jogo da série é na quarta-feira (17/4), às 21h (de Brasília), novamente na casa dos Bucks.

  • 122 - Houston Rockets (4) x Utah Jazz (5) - 90
James Harden, dos Rockets, fazendo uma bandeja em meio à defesa do Utah Jazz. (Foto: NBA).

O último jogo dessa primeira rodada também aconteceu sem muitas surpresas. O Houston Rockets venceu o Utah Jazz de forma fácil em seus domínios e abri um a zero de vantagem. E mais um forte candidato ao prêmio de MVP brilhou. James Harden fez 29 pontos, deu 10 assistências e pegou oito rebotes pelo time da casa. Outros seis jogadores dos Rockets também passaram dos 10 pontos na partida, dentre eles Chris Paul, Eric Gordon e Clint Capela

Pelo time do Jazz, a grande curiosidade da noite foi para o armador espanhol, Ricky Rubio, inovando na forma de defender o Barba. Rubio estava marcando Harden pelas costas, impedindo que o ala-armador dos Rockets realizasse seu famoso e eficiente step-back, porém dando caminho livre a ela para a cesta. A estratégia não deu muito certo. Os Rockets seguem com boa vantagem para o resto da série, que continua na quarta-feira (17/4), às 22h30 (de Brasília), no Toyota Center, em Houston.




Nenhum comentário