ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vida ou morte

Bahia não conseguiu balançar as redes da equipe uruguaia (Foto: Felipe Oliveira/ ECB)
O Bahia encara o Liverpool, nesta quinta-feira, no Uruguai. Após decepcionar e perder por 1 a 0, em Salvador, o Esquadrão precisa ganhar por dois gols de diferença para se classificar no tempo regulamentar. Caso vença por um gol e não seja pelo placar do jogo de ida, o tricolor também sairá com a vaga. A partida acontecerá no Estádio Luis Franzini, às 19h15 (horário de Brasília).

Além do grande desafio de reverter o placar em Montevidéu, o Bahia ainda busca um grande resultado na temporada. Nos três principais confrontos, contra Vitória, Rio Branco-AC e o próprio Liverpool, a equipe de Enderson Moreira não correspondeu as expectativas e ainda não venceu. Contra o arquirrival, apesar de superioridade, o resultado foi um empate na Fonte Nova, assim como na partida válida pela Copa do Brasil, quando o Esquadrão não jogou bem e passou pela vantagem do empate. Pela Sul-Americana, uma partida de pouca criatividade e muitos cruzamentos resultou em derrota.

Para o jogo de hoje, Enderson Moreira vai contar com um importante reforço: Eric Ramires. Titular em 2018, a joia do Fazendão retornou do Sul-Americano Sub-20 e durante a semana já treinou com os companheiros. O jovem meio-campista deverá assumir a vaga de Guilherme, que ainda não se firmou e vem deixando a desejar. Shaylon e Arthur, titular absoluto até aqui, deverão completar a linha de meias avançados do time tricolor. No resto da equipe, poucas mudanças deverão ser vistas. 


Eric Ramires foi titular em três jogos no Sul-Americano Sub-20 (Foto: Lucas Figueiredo/ CBF)
Necessitando do resultado positivo, o Bahia também terá pela frente um histórico negativo como visitante. No campeonato brasileiro do ano passado, o Esquadrão só venceu uma vez por mais de um gol atuando longe de Salvador - 0x2 no Ceará, em jogo válido pela 11ª rodada. Em números gerais, a equipe baiana foi a sexta pior nesse quesito, conquistando apenas 11 pontos dos 57 possíveis, um aproveitamento de, aproximadamente, 19%.

Portanto, missão árdua para Enderson Moreira e seus comandados, que buscam passar por cima desse retrospecto negativo fora de seus domínios. Em caso de triunfo por 0x1, ocorrerá disputa de pênaltis de forma direta.

Escalação

O provável time titular do Bahia é: Douglas, Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Jackson e Moisés; Gregore e Douglas Augusto; Artur, Eric Ramires e Shaylon; Gilberto.

Histórico

Contabilizando todas as partidas disputadas em competições internacionais, 34 ao todo, o Bahia tem um saldo positivo: foram 15 triunfos, 11 derrotas e oito empates. Pela Copa Sul-Americana são: nove triunfos, oito derrotas, além de três empates.

Nenhum comentário