ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Brasileiros irregulares?

(Foto: torcedores.com)

Na noite desta quarta, 20, a entidade máxima do futebol sul-americano, CONMEBOL, divulgou uma lista de clubes que estariam irregulares na inscrição de jogadores para a disputa das competições continentais. Ao todo, são 21 equipes e dentre elas 8 brasileiras, incluindo o Bahia.

O prazo para o envio das inscrições dos jogadores encerrou-se no dia 2 de fevereiro. Os clubes brasileiros citados afirmam terem enviado para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a lista dentro do prazo solicitado e esta deveria encaminhar a documentação para a CONMEBOL.

Em entrevista, um dirigente do Santos cogita a possibilidade da CBF não ter repassado para a CONMEBOL, tendo em vista que o último dia do prazo foi um sábado. O dirigente afirma que a equipe paulista enviou para a CBF na sexta (1), véspera do encerramento do prazo e levanta a hipótese da CBF ter repassado à CONMEBOL somente na segunda (4), dia útil seguinte porém, já fora do prazo.

Todos os casos foram enviados para o Tribunal de Disciplina da própria entidade, que os analisará. A pena mais provável que deverá ser aplicada aos clubes denunciados será uma multa financeira, não havendo exclusão de nenhuma equipe.

A Federação Chilena emitiu uma nota assumindo a responsabilidade nas inscrições das equipes do seu país. A CBF, em contrapartida, até o momento não se pronunciou.

Clubes com suposta irregularidade:

Libertadores - São Paulo, Atlético-MG, Universidad de Chile, Palestino (Chile) e Libertad (Paraguai).

Sul-americana - Bahia, Santos, Corinthians, Botafogo, Fluminense, Chapecoense, Colo-Colo (Chile), Antofagasta (Chile), Unión Espanhola (Chile), Sol de América (Paraguai), Independiente FBC (Paraguai), Deportivo Santaní (Paraguai), Guaraní (Paraguai), Estudiantes de Mérida (Venezuela) e Zulia (Venezuela).

Nenhum comentário